Arquivo da tag: Criptoexchanges

Bitcoin cai em resposta à possível regulação da Binance

Uma possível repressão regulatória para uma das maiores exchanges de criptomoedas do mundo está deixando os investidores de Bitcoin em polvorosa.

A criptomoeda afundou 4,4 por cento para US$ 8.506 na quinta-feira (no Japão) após informações de que a agência de serviços financeiros do Japão planejava notificar a Binance. A plataforma comercial fundada por Zhao Changpeng, pararia de operar no país sem licença. A exchange possui vários funcionários no Japão e está expandindo-se sem permissão oficial. A informação foi coletada por um informante familiarizado sobre os planos da FSA.

A notícia relatada primeiramente pelo Nikkei aponta sinais de que os governos de todo o mundo estão tendendo a fechar o cerco às criptomoedas. A justificativa destes governos é a de que as criptomoedas têm facilitado a ocorrência de fraudes, lavagem de dinheiro e evasão fiscal. O Japão, considerado um dos países mais abertos no tema, recentemente lançou um sistema de licenciamento para supervisionar mais de perto os assuntos relacionados à criptomoedas.

Segundo a Binance, a empresa estaria trabalhando na aquisição de uma licença de operação no Japão. Ainda segundo à empresa, seu fundador afirmou que a exchange está “engajada em um diálogo construtivo” com a FSA e que ainda “não recebeu nenhum mandado” oficial.

 

 

https://platform.twitter.com/widgets.js

A FSA têm apertado o cerco as criptoexchanges desde que um roubo de cerca de US$ 500 milhões na casa de câmbio japonesa Coincheck Inc. ocorreu em janeiro deste ano. No último mês, os reguladores emitiram uma sanção administrativa contra a Blockchain Laboratory LTD. sediada em Macau. A empresa foi acusada de oferecer seminários e da prestação de serviços de consultoria no Japão sem licença específica.

A Binance tem sido constantemente classificada como a maior criptoexchange do planeta desde o fim do ano de 2017. A informação foi divulgada pelo Coinmarketcap.com. Ela ocupou o topo do ranking por volume em 24 horas pela negociação de cerca de US$ 1.8 bilhão conforme o site.

 

Logo após o tweet do fundador da Binance exibido acima, o mercado das criptomoedas já tratou-se de manifestar:

 

 

https://platform.twitter.com/widgets.js

Google irá proibir anúncios de criptomoedas a partir de junho de 2018

O Google pretende banir toda a publicidade relacionada a criptomoedas. A operação já tem data e será em meados de junho de 2018. O anúncio foi postado em um dos canais da companhia de acordo com uma atualização na política de serviços financeiros.

O anúncio da proibição de publicidade relacionada às criptomoedas ocorre apenas dias depois de alguns anunciantes de criptos terem relatado uma queda acentuada nas visualizações de seus anúncios no Google Adwords. Os responsáveis pela ferramenta haviam negado ter havido quaisquer alterações nos regulamentos dos Serviços Financeiros que tenham bloqueado as publicações relacionadas à criptomoedas ou ICO (oferta inicial de moedas).

De acordo com a atualização na Política de Serviços financeiros do Google, não serão mais permitidos anúncios de “Criptomoedas e conteúdo relacionado (incluindo sem limitação ofertas iniciais de moedas, câmbio de criptomoedas, carteiras de criptomoedas e consultoria em criptomoedas).”

Anunciantes fecham o cerco sobre as criptos

A ação do Google irá afetar todos os produtos publicitários da companhia. Isto significa que as empresas não poderão ter seus anúncios relacionados a criptomoedas nem nos mecanismos de busca (Google e YouTube) nem na rede de parceiros (Rede de Display do Google).

Scott Spencer, Diretor para Anúncios Sustentáveis do Google, falou à CNBC hoje, 14 de março sobre o tema:

“Nós não temos uma bola de cristal para saber onde o futuro levará as criptomoedas, mas observamos danos suficientes para o consumidor ou danos ao potencial consumidor, e isto é uma área que queremos abordar com extrema cautela.”

Em janeiro de 2018, o Facebook já havia proibido anúncios relacionados a criptomoedas julgando os mesmos de “práticas de promoção enganosas”.

Os anúncios relacionados a criptomoedas também estão sendo proibidos em sites de mídias sociais chinesas. A prática está relacionada à proibição de exchanges de criptomoedas e ICOs na China.


E você, o que acha sobre a regulamentação e proibição dos anúncios sobre criptomoedas e ICOs em diversas mídias?

Imagem: Pixabay