Bitcoin

Hong Kong lança campanha alertando sobre o risco das criptomoedas

Autoridades chinesas lançaram em Hong Kong uma campanha visando educar o público sobre os riscos associados aos investimentos em ICOs e criptomoedas (como o Bitcoin).

Iniciada em 29 de janeiro deste ano, a campanha foi lançada pelo Órgão de Serviços Financeiros do Governo e Secretaria do Tesouro (FSTB) com o Centro de Educação do Investidor (IEC).

O objetivo é alcançar os cidadãos em uma ampla variadade de canais. Isto inclui o sistema de metrô da cidade, televisão e redes sociais. A campanha surge como mais uma iniciativa do governo com o intuito de fornecer uma maior compreensão sobre o funcionamento e os riscos que envolvem o investimento em ICO e criptomoedas.

Educação financeira sobre criptomoedas para leigos

Joseph Chan, subsecretário do FSTB comentou:

“Através desta série de iniciativas de educação pública, o governo pretende fornecer aos cidadãos um entendimento correto e abrangente das ICOs e das moedas virtuais para que eles possam estar cientes dos riscos antes de fazerem transações ou tomarem decisões de investimentos”

A IEC também disponibilizou informações sobre ICOs e criptomoedas para através do seu site o Chin Family.

Tal inciativa está alinhada com os recentes alertas da SFC que delineou, em setembro do ano passado, que os tokens emitidos através das ICOs poderiam ser reconhecidos e regulamentados como valores mobiliários.


Imagens são cortesia de Pixabay.

 

Entre na discussão