Destaques

Healthbase: Empresa quer “tokenizar” dados de pacientes

Com sede em Bona, na Alemanha, a Healthbase considera-se a mais nova iniciativa no setor de blockchain para a saúde com o objetivo de avançar e revolucionar a pesquisa médica. A empresa procura alavancar os aspectos centrais da tecnologia blockchain e tecnologia de informação avançada para promover a pesquisa médica e a própria saúde para o próximo nível.

O objetivo mais amplo do projeto é garantir que os pesquisadores médicos, prestadores de cuidados, bem como os pacientes, tenham acesso fácil e seguro a dados de saúde de altíssima qualidade. Os progressos no campo da medicina e melhores terapias para os pacientes serão resultados consequentes disso.

O CEO e co-fundador da HealthBase, Chris Meitner disse que:

“A infra-estrutura atual que administra registros médicos de pacientes e terapias de apoio é composta de sistemas legados que acreditamos que já não são suficientes para atender às demandas crescentes do setor médico em expansão na era de hoje. Os dados de saúde estão atualmente espalhados por uma miríade de plataformas, evitando assim cuidados holísticos, ao mesmo tempo em que levantam sérias preocupações de segurança e privacidade.

É por isso que decidimos criar uma ‘base de saúde’ que visa aproveitar as modernas tecnologias da informação, incluindo a blockchain para melhorar esse status quo. Embora possa haver outros projetos com foco na melhoria de certos aspectos do setor de saúde, nossa USP reside no fato de que temos uma maneira muito viável de transformar toda a situação. Atualmente, temos mais de 90 funcionários, incluindo 32 médicos em nossas clínicas; e porque também desenvolvemos nosso software para que os médicos implementem processos otimizados, podemos ajustar nosso projeto com o feedback direto que recebemos dos provedores de cuidados e nossos pacientes “.

 

Depois de começar a desenvolver o software há quase três anos, a Healthbase está criando um whitepaper e desenvolvendo um protótipo para incorporar a tecnologia blockchain. Enquanto a equipe principal da Healthbase está localizada em Bonn (Alemanha), o projeto tem conselheiros internacionais e parceiros espalhados por todo o mundo e continua crescendo, tendo em vista o seu potencial para redefinir o setor de saúde.

Healthbase ICOO Dr. Philipp Sandner, que é o chefe da  Frankfurt School of Blockchain Center e um dos principais assessores do projeto Healthbase, comentou que:

“A Healthbase é um projeto fascinante, com um histórico já existente no campo de dados médicos, respectivamente: software médico. Pessoalmente, considero este um projeto de alto perfil.

O ponto principal é que, como paciente, você pode vender seus dados anônimos para pesquisadores – através de um contrato inteligente em oposição ao dinheiro e com o seu consentimento. Esta abordagem poderia redefinir a forma como a pesquisa médica funciona.

Também é digno de nota o fato de que a Healthbase já é composta por uma empresa de desenvolvimento de software, bem como duas clínicas alemãs. Portanto, já conta com uma grande experiência nesta indústria”.

O time por trás da Healthbase tem como objetivo lançar sua ICO no primeiro trimestre de 2018 com um protótipo. Embora os detalhes técnicos relativos ao tipo de blockchain e de token ainda estejam em desenvolvimento, o projeto já gerou interesse substancial entre as comunidades de médicas e de blockchain na Alemanha.

Para maiores informações, visite https://healthbase.digital.


O site Dascriptos não endossa e não é responsável por nenhum conteúdo, precisão, qualidade, publicidade, produtos ou outros materiais nessa publicação.

As imagens são uma cortesia de Healthbase.

Entre na discussão