Google bane extensões sobre criptomoedas

Google bane extensões sobre criptomoedas. O Google anunciou ontem, dia 2 de abril que irá proibir extensões relacionadas à mineração de criptomoedas. Tais extensões para o navegador Chrome serão retiradas da Chrome Web Store.

A mineração via navegadores

De fato, minerar criptomoedas via navegadores web não é uma maneira muito eficiente de obtenção de renda. Porém, caso você seja um desenvolvedor web e possua milhares de máquinas a seu favor, a escala faz total sentido. Durante bastante tempo a Chrome Web Store permitia que várias extensões de mineração fossem utilizadas. Por meio delas, os desenvolvedores poderiam publicar extensões que tinham como único propósito a mineração.

Porém, cerca de 90% das extensões de criptomoedas não seguem tal regra. A sedução do baixo preço do Monero estimulou alguns desenvolvedores. Eles tentam contrabandear seus scripts de mineração para que pareçam extensões legítimas. Alguns destes desenvolvedores foram detectados e removidos da Web Store. Extensões como estas tendem a utilizar uma grade quantidade de processamento.

Quantidade de processamento utilizada quando se habilita uma extensão relacionada à mineração. Imagem: TechCrunch

Google bane extensões sobre criptomoedas

O Google ainda irá permitir extensões que tenham relação com a blockchain. Isto caso elas não tenham relação com a atividade de mineração. E desde ontem (2 de abril) o Google cessará a permissão de extensões que exponham as criptomoedas. A partir de junho, todas as extensões existentes serão excluídas.

Segundo James Wagner, gerente de produto do Google:

“A plataforma de extensões fornece recursos poderosos que permitiram que nossa comunidade de desenvolvedores construísse um catálogo vibrante de extensões que ajudam os usuários a aproveitar ao máximo o Chrome”.

Ele ainda acrescenta que:

“Infelizmente, esses mesmos recursos atraíram desenvolvedores de software mal-intencionado que tentam abusar da plataforma às custas dos usuários. Essa política é outro passo em frente para garantir que os usuários do Google Chrome aproveitem os benefícios das extensões sem se exporem a riscos ocultos”.

Google bane extensões sobre criptomoedas

Produtos proibidos segundo a política de extensões do Google.


Imagem: Pixabay